Consumidora de Esmaltes

Sou viciada em esmaltes. E como são baratinhos, compro muitos. Às vezes, ficava pensando se era louca por ter uma coleção enorme, mas como conheci meninas com o mesmo ví­cio (oi, Alice?), agora acho mais do que natural. =)

Na adolescência pintava minha unha de cores clarinhas: Marítima e Renda, ambos da Risqué. Depois, comecei a testar outras cores, como o Ameixa (nem sei se existe mais), da Colorama, e o Gabriela, da Risqué.

Durante um bom tempo os únicos escuros que usava eram esses. Quando começou essa moda de cores variadas, com direito a coleções de acordo com a estação e assinadas por estilista, comecei a me aventurar por esse mundo colorido.

Todo sábado quando vou fazer a unha, minha maior diversão é a parte em que escolho o esmalte. Adoro ficar olhando para a minha coleção e pensando em qual ainda não usei, qual ficaria melhor caso tenha algum evento e assim vai.

E não é que o Brasil é o segundo maior consumidor de esmaltes do mundo? Perdendo apenas para os Estados Unidos.

Vi uma matéria no Jornal da Globo (indicação da minha amiga Virgínia) e li no Portal da Revista Exame sobre esse assunto. Os fatores que as marcas citam como crescimento de vendas são: a divulgação em blogs (ebaaaa!!!), a inovação de cores e a crise econômica mundial, pois a mulher sente necessidade de cuidar da beleza e acaba investindo em produtos com um custo menor.

E para dar conta dessa demanda, as empresas tiveram que contratar mais funcionários e investir em equipamentos. Com certeza o esmalte virou acessório de moda.

Na foto está parte da minha coleção de esmaltes. Não consigo resistir ao encanto das cores! E vocês?

4 comentários Adicione o seu
  1. Realmente é uma loucura essa febre de esmaltes, a “mulherada” fica num corre, corre p/ não perder tempo na hora de anunciar as novidades…

    Amomuitotudoisso!

    Bju…

  2. Com certeza também é meu vicio!! E não admito repetir a mesma cor!

    Tati, tem alguma informação sobre “combinação” de unhas dos pés e mãos?? Sempre fico na dúvida e acabo deixando meu pé clarinho, mais branquinho…ou seja, o famoso renda! =) Para poder abusar nos esmaltes mega coloridos nas mãos..

    Bjoo!

    1. Gabi,

      Acho legal que uma das cores tenha um tom neutro, o próprio branquinho que você citou ou até mesmo um nude. Outra opção é escolher uma cor que acompanhe a outra, cores que sejam da mesma família, como por exemplo: vermelho com rosa e verde clarinho (ou azul clarinho) com rosa mais fechado.

      Beijinhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *